7 CONSELHOS DE ESPECIALISTAS PARA ECONOMIZAR NA HORA DE RENOVAR OU CONTRATAR O SEGURO DE SEU VEÍCULO.

A customização do seguro, a forma como o veículo é utilizado, as coberturas contratadas e a qualidade da assistência veicular são apenas alguns dos aspectos mais importantes para que você possa analisar quando for fazer sua cotação de seguro automotivo este cuidado irá garantir a contratação do melhor seguro auto possível. Ajustar seu orçamento, reavaliar suas opções e planejar suas prioridades em diferentes aspectos são fatores que podem impactar o preço positivamente a seu favor trazendo vantagens financeiras significativas. Contratar ou renovar uma apólice de seguro de carro normalmente traz dúvidas e tomar as melhores decisões sobre qual o tipo de garantias, proteções e coberturas pode reduzir o valor dos seus custos em até 40%. Adiante comentamos algumas sugestões muito úteis.

  1. FAZER UMA AVALIAÇÃO SOBRE A ROTINA DO USO QUE VOCÊ FAZ DE SEU VEÍCULO.

Este é um dos principais conselhos para a contratação ou renovação quando você estiver buscando uma cotação de seguro de carro com o melhor custo-benefício possível. Analise bem a finalidade que você dá ao automóvel por exemplo, se utiliza mais para ir até o trabalho ou para uso particular ou até mesmo para uso comercial que é o caso dos condutores de aplicativos. Fica então claro que é extremamente importante observar a predominância do uso do auto. Na hipótese de o veículo não ser utilizado com muita frequência o segurado pode avaliar retirar da apólice a cobertura de colisão seja para perda total ou parcial e a cobertura de danos a terceiros. Tal supressão de coberturas pode trazer economia acima de 40% no valor da sua contratação. Por outro lado, caso o segurado passe grande parte do tempo com o veículo no trânsito terá mais probabilidade de colidir ou dependendo da região onde circule pode haver maior possibilidade de que roubem o auto. Na hipótese de que o cliente transite somente aos finais de semana e o veículo passe a maior parte da semana estacionado na rua torna-se reduzido o risco de colisão, mas aumenta a probabilidade de furto. Para um veículo com tais características as coberturas de colisão, danos a terceiros, roubo e furto e a assistência para reboque e avarias mecânicas são suficientes para cobrir estas necessidades.

  • SAIBA O QUE É A CLASSE DE BÔNUS

Classe de bônus trata-se de um desconto dado ao cliente de seguro auto como benefício para quem não aciona nenhuma das coberturas durante a vigência do seguro do veículo. A determinação desta classe usa valores de 1 a 10 onde o cliente soma um ponto a cada ano que não acionar a indenização por furto, roubo, colisão, incêndio e alagamentos. A economia com a boa utilização da classe de bônus pode ser até de 50% do valor original do seguro. Estes pontos são acumulativos e associados ao segurado porque mesmo que ele mude de seguradora não perderá a sua pontuação acumulada pelos anos em que renovou sua apólice sem utilizá-la para indenizações. Lembramos que solicitação das assistências acessórias do seguro quer sejam os serviços adicionais da apólice como reboques mudança de pneus e reparos não influi na classe de bônus. Em resumo, o cliente pode usar estas assistências acessórias tantas vezes quanto necessite respeitando os limites de contratação porque a sua classe de bônus não será afetada.

  • VALORIZE SEUS BÔNUS.

Não importando por qual a companhia de seguros você optou após fazer a sua cotação de seguro automotivo e contratar sua renovação a pontuação da classe de bônus pode ser acumulada até o limite de 10 pontos. E o cliente somente deixa de ganhar pontos caso necessite utilizar a cobertura para indenizações dentro do período de vigência da apólice e a cada renovação de cobertura. O segurado perde uma classe de bônus sempre que acionar a indenização e dependendo do número de sinistros ocorridos no período é possível que o cliente não obtenha a bonificação do ano em curso e inclusive até perder os bônus acumulados anteriormente. O segurado também deixa de receber seu bônus caso o seguro não seja renovado por um período superior a 30 dias do fim da cobertura e depois de 60 dias após esta data começa a perder as classes acumuladas anteriormente. Na hipótese de superar os 180 dias sem seguro perderá toda a sua bonificação tornando a ser um cliente pontuação zero.

  • ESCOLHA UM SEGURO DE AUTOMÓVEL AJUSTÁVEL ÀS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE SEU PERFIL.

Ter um seguro com coberturas flexíveis é o primeiro conselho importante para que o cliente tenha autonomia de escolher quais coberturas de assistência necessita segundo o seu momento de vida. Quando você for fazer cotação de seguro auto atente bem para as possibilidades disponibilizadas pelas diversas seguradoras que se esforçam na competição por apresentar inúmeras possibilidades de preço, financiamento e formas de pagamento, para isto consulte seu atendente em uma boa plataforma de cotação de seguro de auto online ele irá te orientar inclusive como parcelar em até 12 pagamentos mensais e conseguir ainda assim ótimos descontos.

  • RESPEITAR PRAZOS É EXTREMAMENTE IMPORTANTE PARA ECONOMIZAR NA RENOVAÇÃO DO SEGURO DE SEU VEÍCULO.

Preste bastante atenção aos prazos para que possa fazer o melhor uso possível de sua classe de bônus. Para que não aconteça perda de pontuação o segurado deverá renovar seu seguro no prazo compreendido entre os 30 dias anteriores a finalização da cobertura contratada e os 30 dias posteriores à sua finalização.

Quando chegar o momento de cotar para renovar suas garantias o segurado deverá informar que já conta com a classe de bônus conquistada ou informar a sua CI que significa código de identificação que comprova entre as seguradoras o nível de bônus que o segurado detém. Este código de 14 dígitos pode ser encontrado na apólice vigente lembrando que é importante se assegurar de que esta informação esteja correta para que a bonificação possa ser confirmada e o desconto correto aplicado automaticamente ao preço de seu novo seguro.

  • AVALIE BEM AS COBERTURAS E ASSISTÊNCIAS DO SEGURO AUTO QUE IRÁ PRECISAR.

As coberturas e assistências devem ser sob medida, portanto, dependendo da escolha o cliente irá aumentando ou diminuindo sua proteção utilizando a possibilidade de evitar custos ou despesas desnecessárias. Este conselho segue a mesma reflexão sobre a rotina da necessidade de avaliar as situações de risco e necessidade de contratação do serviço. É fundamental ter a compreensão do que cada cobertura oferece para poder mensurar se aquela cobertura é necessária ou não. Por exemplo,  se acontecer do segurado só conduzir seu automóvel dentro dos limites de sua cidade ele não terá por que que pagar assistência de guincho com quilometragem ilimitada. Provavelmente uma cobertura de 100 km seja o bastante e o custo do seguro será menor. Por outro lado, caso utilize o automóvel com muita frequência a recomendação é que o plano inclua assistência de reboque e dependendo da utilização ele pode optar por contratar reboque para 100 km, 200 km 400 km ou optar por quilometragem ilimitada com assistência em caso de falha mecânica. Uma boa análise para a melhor contratação destas coberturas pode economizar uns 10% por ano no valor da apólice.

  • DEFINA BEM AS SUAS REAIS NECESSIDADES NA CONTRATAÇÃO DE UM SEGURO DE CARRO.

As coberturas de roubo, furto e colisão são as mais comuns e demandadas porque bem contratadas garantem uma ampla proteção aos veículos em caso de ocorrências que produzam a necessidade de reparos ou indenização total. Caso o cliente prefira contar com a proteção só para danos causados a outros e tomar para si o risco por sua conta da reparação de seu veículo a cobertura somente é aplicável para danos materiais a terceiros. Sugerimos sempre que o segurado destine uma quantia mínima de R$ 50.000,00 (Cinquenta mil reais) para cobrir danos a terceiros lembrando que há a possibilidade de contratar a indenização por dano corporal às pessoas envolvidas no acidente a que o condutor do veículo segurado der causa e que resultem lesionadas no acidente.

Post relacionados