Ramos de Seguros no Brasil

A SUSEP definiu e classificou, em 2003,  os ramos de seguro, no Brasil, da seguinte maneira:

Seguros comuns para pessoas físicas

Seguro de automóvel:

Cobre perdas e danos ocorridos aos veículos terrestres automotores. Coberturas básicas: colisão, incêndio e roubo que podem ser contratadas separadamente ou agrupadas.

Este seguro pode cobrir também prejuízos causados a terceiros (Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos – RCF.V), acidentes pessoais de Passageiros. Além disto, é possível contratar outras garantias, tais como: assistência 24 horas, proteção para vidros, lanternas, faróis e retrovisores, carro reserva e ainda, em alguns casos, saldo de financiamento (liquida o financiamento de seu veículo em caso de perda total). Seu custo varia de acordo com as características do carro e a análise do perfil de risco do condutor e segurado.

Atualmente existe uma enorme discussão sobre a criação de associações de proteção veicular que oferecem serviços parecidos com seguros. A SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) considera a atividade ilegal, pois não é regulamentada

Seguro obrigatório de automóveis (DPVAT)

É um seguro de responsabilidade civil obrigatório, pago anualmente pelo proprietário de automóvel juntamente com o IPVA. Este seguro visa indenizar vítimas de veículos automotores de via terrestre, não importando quantas estiverem envolvidas em um mesmo acidente. Independente da apuração dos culpados.

Seguro Residencial

O seguro residencial é um produto com coberturas multirriscos, isto é, oferece um conjunto de seguros conjugados ou agrupados numa única apólice. Este tipo seguro é destinado a residências individuais, como casas e/ou apartamentos utilizados como moradia habitual ou de veraneio.

Todo seguro residencial possui uma garantia básica (cobertura), que cobre os prejuízos provocados por incêndio, queda de raio e explosão.

Adicionalmente você pode contratar outras coberturas junto a com a cobertura básica. As seguradoras tem os mais diversos tipos de proteção para sua residencia, sua família, animais, equipamentos esportivos, eletrônicos, bicicleta e até mesmo comemorações. As principais coberturas acessórias do seguro residencial são: Danos elétricos, desmoronamento, quebra de vidros, roubo e furto qualificado, responsabilidade civil familiar, vendaval, perda de aluguel.

Seguro de vida

Garante ao beneficiário ou ao próprio segurado um capital ou renda determinada no caso de morte, ou no caso de o segurado sobreviver em um prazo convencionado. Mediante coberturas adicionais, pode cobrir invalidez permanente, doenças graves e também, em certos casos, acidentes ou situações de desemprego. Este seguro opera em duas modalidades: seguro de vida individual e seguro de vida em grupo.

Seguro saúde

 Objetiva garantir o reembolso das despesas médico-hospitalares, dentro dos limites estabelecidos na apólice, decorrentes de acidentes ou doenças, efetuados pelo segurado titular e respectivo dependentes. O segurado tem livre escolha dos serviços médicos de saúde e varia nas coberturas. Geralmente pode abranger Assistência Médica, Urgências, Hospitalização, Ambulatório, Segunda Opinião Médica e Check-up. Opcionalmente, pode ainda, dar direito a Medicamentos, Parto, Tratamentos Dentários, Próteses e Ortóteses e Doenças Graves.

Seguro viagem

Tem por finalidade cobrir custos relacionados a doenças ou acidentes durante viagens. É válido durante um período pré-determinado escolhido no momento da compra ou contrato do seguro e começa a vigorar a partir do início da vigência desde que o assegurado esteja no aeroporto ou pelo menos 100 km de distância de sua residência. As coberturas variam de acordo com a seguradora e o plano, a maioria dos seguros oferecem cobertura em caso de doença e acidentes, porém é muito comum os planos oferecerem outras coberturas, como bagagem, atraso de voo, concierge, fiança e outros. Brasileiros viajando para Europa devem contratar obrigatoriamente uma cobertura de no mínimo 30 mil Euros de acordo com exigências do tratado de Schengen, em caso de não apresentação do voucher (comprovante do seguro) a entrada pode ser negada. A utilidade do seguro de viagem prende-se, por exemplo, com os custos inerentes a uma evacuação de emergência médica cujos valores podem chegar aos $100,000.

Seguro de responsabilidade civil

 cobre indenizações por danos realizados contra outrem, pelo segurado ou por terceiros tutelados ou sob sua responsabilidade.

O seguro de Responsabilidade Civil tem por finalidade garantir a indenização ao segurado por danos, não intencionais, corporais e/ou materiais causados a terceiros. Seu principal objetivo é garantir segurança e tranquilidade financeira ao segurado frente a imprevistos que envolvam outras pessoas. Ele pode ser contratado tanto individualmente quanto como uma cobertura adicional para outros tipos de seguro, como o Seguro Residencial

Seguros comuns para pessoas jurídicas

  • Seguro incêndio (empresa): oferece cobertura para danos causados por incêndio, queda de raios e explosão causada por gás. Legalmente, obrigatório para as pessoas jurídicas.
  • Seguro de roubo: tem por finalidade básica garantir indenização por prejuízos consequentes de roubo e/ou furto qualificado.
  • Seguro de crédito: apólice de seguro contratada principalmente por empresas com o objetivo de assegurar o valor total ou parte das negociações, contra o risco de inadimplência de pagamentos.
  • Seguro agrícola: oferece cobertura contra perdas físicas da lavoura, geralmente decorrente de intempéries climáticas como chuva, seca, granizo etc.
  • Seguro de condomínio: oferece cobertura para danos causados por incêndio, raio, explosão e outras coberturas, para condomínios verticais e horizontais. Trata-se de seguro obrigatório no Brasil.
Ramos de Seguros no Brasil
Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *