Tabela FIPE 2022: o que é, para que serve e como consultar?

Se você já comprou, vendeu um carro, recebeu uma indenização de seguro auto, ou está pensando em fazer isso, você com certeza já ouviu falar sobre a tabela FIPE.

A tabela FIPE, de forma bem resumida, é um material que demonstra os preços médios dos veículos do mercado nacional. Apesar de não ser “escrito em pedra”, funciona bem como um parâmetro para vendedores e compradores de carro, a respeito do valor do automóvel.

Os valores da tabela FIPE variam de acordo com o ano do veículo, modelo e outros pontos que podem te ajudar a fazer um bom negócio, assim como fugir de uma enrascada, como a prática de preços abusivos. 

Além de usar a tabela FIPE 2022 como guia, a equipe de especialistas da Ficha Completa também indica uma plataforma de comparativo de carros, para que você meça o que melhor cabe no seu bolso, de acordo com suas características.

Agora, vamos à leitura? Neste artigo, você descobrirá o que é a tabela FIPE, para que ela serve e como consultá-la.  

O que é a Tabela FIPE?

A Tabela FIPE foi criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), e é a maior referência no mercado de carros, sejam eles usados ou seminovos.

Por meio dessa tabela, é possível que o negociante e o comprador encontrem um preço justo pelo automóvel, dado o ano de fabricação do veículo e outros fatores que podem pesar na hora da venda e compra do carro. 

Os valores da tabela também levam em conta a região na qual o carro se encontra. Por exemplo, para um veículo Ford Ka, são praticados valores diferentes na região sudeste do Brasil, se comparados aos valores do mesmo veículo na região norte.

Como essa tabela é construída?

Agora que você entendeu como a tabela FIPE funciona, vamos explicar como essa tabela é construída pela equipe da Fundação.

Vamos usar, como exemplo, a tabela FIPE 2022: todos os meses, a equipe da Fundação coleta informações sobre dados dos veículos, principalmente daqueles relacionados às vendas. 

Por meio de uma profunda análise, os funcionários excluem os valores que estão fora da média (preços abusivos ou preços muito baixos).

Depois dessa análise preliminar, os responsáveis analisam, também, as demandas de acordo com a região. Um exemplo: nas regiões interioranas de Mato Grosso do Sul, onde existem muitos fazendeiros, a busca por camionetes será maior do que a busca por sedans.

Dessa forma, por conta da lei da procura e demanda, o veículo pode ficar mais caro, uma vez que muitas pessoas o querem. E pode ficar mais barato porque não possui muita procura, e o preço se torna um atrativo para quem deseja fechar negócio. 

Para que serve a tabela FIPE?

A principal utilidade da tabela FIPE é ter um comparativo real de preços. Pode parecer bobo, mas é importante que você saiba quanto vale o carro que quer vender ou adquirir, para que você não caia em ciladas, como vender muito barato ou comprar muito caro.

Com a tabela FIPE, você também pode verificar quanto aquele carro específico está valendo, para realmente fazer um bom negócio. 

Além disso, como nós já dissemos anteriormente, é uma ferramenta útil para analisar se é o veículo que cabe no seu bolso e atende às suas necessidades.

A tabela FIPE também é utilizada pelas seguradoras para determinar o valor de indenização do veículo a ser pago nas apólices de seguro de auto.

Como funciona?

A Tabela FIPE leva em consideração o modelo do veículo, sua marca e o ano do modelo em questão.

Quando acessá-la, você vai conseguir verificar as informações de forma simples e intuitiva, visualizando o preço médio do carro ou veículo que deseja adquirir.

Ah, aqui vale uma informação extra: os valores costumam mudar de mês para mês, por conta do mercado financeiro brasileiro. Então, se achar um veículo bom e que cabe no seu orçamento, não perca tempo e feche negócio! 

Como consultar a Tabela FIPE 2022?

Para ter os valores reais dos veículos, de forma isenta, você deve considerar o site oficial da Fundação.

Lá, você pode fazer consulta de carros e utilitários pequenos, consulta de caminhões e micro-ônibus e consulta de motos, também.

Tudo em um site intuitivo e consultivo ao máximo.

Vai comprar um carro seminovo? 3 coisas que não podem ser ignoradas

A empolgação de adquirir um carro é sempre muito grande. Entretanto, para não meter os pés pelas mãos, é importante verificar 3 itens. 

Dessa forma, você não cairá numa fria e adquirirá um veículo que pode ser seu durante muitos e muitos anos.

Vamos conhecê-los?

Condições do veículo

É de extrema importância que, antes de fechar negócio, você confira se o carro está em boas condições. Isso significa que você deverá se perguntar: pelo modelo e ano desse carro, ele está em boas condições?

Aqui, é interessante verificar como está a parte interna do veículo, testar o funcionamento dos freios, verificar se os bancos e acessórios estão em boas condições e, também, se existe algum ponto negativo que está te fazendo pensar duas vezes sobre a compra.

Na parte externa, verifique o estado dos pneus, veja o motor, dê uma olhada geral e observe, por exemplo, se há riscos na pintura ou pequenos amassados.

Documentos em dia

Confira com o proprietário do veículo se todos os documentos estão em dia.

Ou seja, se o IPVA foi pago corretamente, se o DUT está certo e atualizado, além de ter certeza de que o carro não passou por nenhuma adulteração de números que pode te prejudicar se você for parado numa blitz.

Isso é importante para que você esteja investindo em um bem que te dará bons frutos e, não, prejuízos.

Valor de revenda

Se você está adquirindo um veículo seminovo porque está poupando para comprar um novo, é sempre interessante dar uma olhada no valor de revenda, que pode ser visto na própria tabela FIPE. 

Sempre verifique se está tudo em ordem e se você está, verdadeiramente, fechando um negócio bacana, tanto para você, quanto para o comprador.

Conclusão

Viu como é bacana ficar antenado sobre a tabela FIPE e suas atualizações? Por meio dessa ferramenta, você poderá ter certeza de que é uma compra e/ou uma venda segura, para ambas as partes envolvidas.

Não perca tempo e confira a tabela FIPE 2022 no site oficial da Fundação!

Post relacionados