Seguro empresarial: o que você precisa saber

Segurança é uma palavra essencial para alguém que está abrindo um novo negócio, de forma a garantir que o seu investimento se mostre recompensador. Contar com um seguro empresarial é uma maneira de se certificar dessa proteção necessária.

De uma maneira geral, atuar no mercado comercial é uma atividade instável, com os profissionais tendo que se preparar para lidar com as recorrentes modificações dos hábitos de compra da sociedade, em cima de mudanças políticas e econômicas.

O avanço das tecnologias acaba sendo outro fator a ser levado em conta para as alterações do comércio, com novos dispositivos sendo ofertados, além de novos sistemas, que podem facilitar e até baratear os níveis de produção.

Uma renovação que permite que uma empresa consiga aprimorar as suas atividades através de um software de gestão empresarial, capaz de identificar problemas a serem resolvidos, assim como oportunidades de negócio que podem ser exploradas.

Dentro dessa relação de riscos e benefícios, uma análise profunda consegue constatar a necessidade de se proteger contra possíveis acontecimentos, pois mesmo contando com um ambiente inconstante, é possível identificar caminhos mais seguros a serem seguidos.

Como uma empresa de doces, que percebe o crescimento de vendas de um novo sabor de pirulitos, contando com o apreço da população local por aquela fruta específica. Uma situação que se repete em diferentes mercados, com produtos distintos.

Podendo ser também a situação de uma companhia que disponibiliza serviços de limpeza para empresas, que vê o seu número de pedidos subir durante datas comemorativas, como final do ano, quando as celebrações internas costumam acontecer.

Diante desse crescimento previsto de demandas, a empresa de limpeza pode contratar funcionários temporários ou aumentar o seu estoque de produtos de higiene, visto a maior quantidade que será necessária.

Existe também a previsão de riscos, como a observação de um maior número de assaltos na região em que a sua empresa se encontra, além de outras situações que podem causar grandes problemas ao seu negócio.

De forma a se prevenir contra possíveis danos, os serviços de seguro empresarial se apresentam como a melhor opção para se garantir o completo funcionamento da sua companhia, sem que qualquer adversidade possa pôr em risco o futuro do seu negócio.

No que consiste um seguro empresarial?

Antes de se especificar sobre as particularidades de um seguro empresarial, primeiro é preciso entender como funciona um seguro em si, e o porquê desse modelo de contrato ser tão popular para o mercado, assim como para os indivíduos.

Assim como uma empresa precisa contar com uma mão de obra qualificada e especializada, para que os seus serviços tenham a qualidade necessária para essa companhia se destacar, ela carece de demonstrar segurança para o seu público.

Os serviços de seguro são justamente responsáveis por isso, garantindo que diante uma eventualidade uma empresa conte com uma segurança em relação não apenas aos seus serviços, mas a forma com o qual o seu público consumidor reagirá a isso.

No caso de algum acidente, uma empresa de seguros se coloca responsável por cobrir qualquer tipo de dano, na maioria das vezes de valor financeiro, sendo tudo definido pela apólice contratada, ou seja, o documento que estabelece os deveres dessa companhia.

Apólice essa que é levantada somente no acontecimento de um sinistro, nome dado ao evento ao qual um seguro se previne, como roubos, incêndios entre outras possibilidades. 

Uma relação a ser cumprida entre a seguradora e o segurado, isto é, entre a empresa que fornece os encargos de proteção, e o cliente que contratou esses serviços, respectivamente.

Diversos são os modelos disponíveis de seguros tais como:

Uma série de possibilidades que deve ser levada em conta por uma gestão condominial, de forma a se assegurar que o seu trabalho será bem realizado, sem contar com os problemas provenientes de um acidente imprevisto.

Enquanto a maior parte desses seguros estão voltados a um nível individual, protegendo patrimônios do segurado, o serviço de seguro empresarial lida mais com questões que envolvem a continuidade das atividades de uma empresa.

Em muitos casos ele até é focado na proteção única no indivíduo, como na segurança de trabalho dos funcionários de uma obra, contudo, mesmo nesses casos, o serviço de seguro é direcionado a empresa responsável, que pode ser coberta, assim como o colaborador.

Já o valor específico dessa cobertura de indenização será feita de acordo com os preceitos estabelecidos nesta apólice específica, enquanto os valores acordados são referentes a um grande número de fatores.

Como funciona o cálculo de um seguro empresarial?

A apuração do valor de um seguro, tanto o total a ser recebido no caso de um acidente, como a quantia mensal ou anual que é devido a essas empresas, é um cálculo baseado em um número amplo de variáveis, tais como:

  • Risco de acidentes;
  • Localização do negócio;
  • Tipo de imóvel;
  • Valor previsto para uma possível reparação de danos.

Apesar da sua eficiência, um seguro empresarial não se aplica a todos os tipos de negócio, sendo necessário para o empreendedor averiguar o nível de especificação do seu projeto comercial.

Uma empresa de vigilância e segurança patrimonial, por exemplo, pode operar com esse tipo de seguro, diferentemente de uma concessionária de carros, no qual um seguro automobilístico se mostra como uma opção mais viável para esse tipo de negócio.

Após se certificar que o seguro empresarial é o que melhor se adequa ao seu empreendimento, é importante conhecer também as áreas e serviços cobertos por esse tipo de contrato.

O que um seguro empresarial cobre?

Assim como os outros modelos, o seguro empresarial atua com um número específico de coberturas legais, sendo estabelecidas em sua apólice. O valor desse seguro costuma estar relacionado ao número de serviços que o seu negócio busca ser protegido.

Entre alguns sinistros aos quais um seguro é possível de cobrir, acabam por se destacar:

Proteção contra incêndios

O perigo de um edifício sofrer um incêndio é geralmente alto em relação a outros tipos de problemas estruturais, visto a variedade de possibilidades nas quais tal incidente pode ocorrer.

Problemas com a fiação, escapamento de gás, entre outros distúrbios que podem ocorrer de forma imprevisível reagindo também a problemas externos, como a explosão de um poste de luz próximo ao local.

Para se prevenir contra esse tipo de incidente, os seguros contra incêndios costumam abordar tanto aqueles que tiveram início dentro do imóvel como aqueles causados em prédios e casas vizinhas, que podem se espalhar até o seu edifício comercial.

Seguro para desastres naturais

Se muitos incidentes podem ser previstos e remediados, impedindo assim um evento grave que leve a um encerramento de empresa, a mesma coisa não pode ser dita das tragédias naturais, que podem prejudicar de forma severa os seus negócios.

Desastres como enchentes, terremotos e ventos fortes são capazes de causar grandes danos estruturais aos seus estabelecimentos, inviabilizando o trabalho ali realizado.

Visto isso é importante ter atenção às causas, pois um incêndio causado por um raio pode ser tratado como um incidente natural, sendo coberto por um seguro para desastres, e não por um de incêndios de origem comum, por exemplo.

Defesa para furtos e roubos

Com o aumento da violência é cada vez mais importante que uma empresa conte um detalhado seguro empresarial, protegendo-a de qualquer tipo de ameaça não só momentânea, mas que também ponha em risco o futuro do seu negócio.

Esse tipo de seguro costuma trabalhar com valores diferenciados, levando em conta o nível de periculosidade de uma região, além do modelo contratado, mas também a especificidade da apólice, tendo responsabilidade por uma cobertura completa ou parcial dos valores.

Seguro de pagamento de aluguel

Esse modelo de seguro está voltado às empresas do ramo imobiliário, podendo ser contratado também por um profissional individual, que possui um certo número de imóveis aos quais aluga para a moradia ou abertura de comércios por terceiros.

Com o valor mensal dessa renda sendo necessário para os investimentos de uma empresa, o que é efetuado por um escritório de contabilidade para pequenas empresas, o seguro se responsabiliza em cobrir o aluguel, em caso de acidentes que impeçam o pagamento.

Seguro voltado à responsabilidade civil

Essa modalidade, por outro lado, é específica para grandes negócios, protegendo o empresário por trás de um empreendimento, ou então os seus funcionários em situações de base legal, como ações judiciais levantadas por clientes ou colaboradores.

De um modo geral, é possível afirmar que os seguros empresariais são tão importantes como os serviços financeiros contratados por uma companhia, com equipes responsáveis pela revisão de impostos, e outra pela completa proteção do seu negócio.

Muitos incidentes são impossíveis de serem antecipados, mas isso não significa que uma companhia não deve estar protegida para a possibilidade deles ocorrerem.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Post relacionados